O futebol do Sertão de Pernambuco tem uma passagem importante por Serra Talhada, distante 420 Km de Recife, capital do estado. Com as cores vermelho e branco, o time do Comercial Esporte Clube, ganhou o mundo. Retratado no livro; COMERCIAL, UM CLUBE IMORTAL, do escritor, professor e pesquisador Paulo César, o time da capital do xaxado é daqueles clubes que guardam  na memoria dos mais antigos, os tempos áureos do futebol. Com sua data de fundação em 13 de março de 1973, e alguns de seus feitos descritos no livro, podemos dizer que a história do clube foi muito bem guardada nas entre linhas escrita por Paulo Cesar. O Comercial, fez jogos memoráveis no Estádio Nildo Pereira, mais conhecido como Pereirão. Um fato nas páginas do livro, conta que, um dos jogadores do Comercial, por nome de Gula, em jogo contra o Náutico, em Serra Talhada, fez uma aposta na loteria esportiva. Ele marcou no cartão da loteria, que o Náutico venceria o jogo por 1 a 0, faltando poucos minutos para o Náutico sair com a vitória, por 1 x 0, Gula recebe uma bola, e sem lembrar da aposta feita. empatou o jogo. Logo depois ele percebeu que empatou o jogo e perdeu a aposta. São essas coisas que Paulo Cesar conta nas páginas de um livro que, tem os maiores relatos de um clube com pouco tempo de existência.