Central e São Paulo Crystal-PB se enfrentaram nesta sexta-feira, em Caruaru, em preparação para os campeonatos pernambucano e paraibano, respectivamente. Melhor para os visitantes, que venceram a partida por 1 a 0, no estádio Lacerdão. O gol da vitória foi marcado pelo zagueiro Cleiton, aos 16 minutos da etapa final.


OS 90 MINUTOS


O primeiro tempo não começou nada bem para os donos da casa. O goleiro Murilo saiu machucado, mas antes disso fez boas defesas nas chegadas perigosas do São Paulo Crystal, em jogadas de bola aérea. A Patativa sentiu dificuldades para circular a bola pelo meio, mostrando que a saída de Aruá, negociado com o Salgueiro, já faz falta.


As melhores chances foram pelo lado direito, em jogadas envolvendo Djair, Isael e Dodô. Na primeira, o atacante bateu cruzado e, na segunda, o volante acabou furando e perdendo a chance com o gol aberto.


A segunda etapa não começou muito diferente, mas o São Paulo-PB começou melhor. De tanto tentar, abriu o placar aos 16 minutos com o zagueiro Cleiton, de cabeça, após cobrança de escanteio. A Patativa pressionou, mas seguiu com dificuldade para criar no meio-campo e ficou dependente de jogadas individuais. A partida terminou mesmo com vitória para os visitantes.


A Patativa começou a partida com: Murilo; Izael, Alex, Eduardo e Gledson Sena; Madson, Djarir, Palacios e Júnior Lemos; Darlison e Dodô. Já a equipe paraibana foi a campo com: Nunes; Arthur, Gualberto, Dipão e Guilherme; Recife, Jailton, Léo e Henrique; Cearense e Maike.


O goleiro Murilo, da Patativa, que saiu machucado no primeiro tempo, teve uma torção no joelho direito. De acordo com o clube, na segunda-feira ele fará um exame de imagem para analisar o grau da lesão.


A estreia do Central no Campeonato Pernambucano será no dia 28 de fevereiro, contra o Náutico, às 16h, nos Aflitos. O São Paulo Crystal-PB começa a 111ª edição do Campeonato Paraibano contra o Campinense, no dia 17 ou 18 de março, com horário ainda a ser definido pela Federação Paraibana de Futebol.


Por Redação do ge — Caruaru, PE - Foto: Davi Vasconcelos / ge